Lifting de Testa

Lifting de Testa

Lifting de Testa

O Lifting de Testa também é conhecido como elevação da testa, o lifting frontal reposiciona sobrancelhas baixas ou flácidas.

Se você está incomodado com as linhas de expressão ou outros sinais de envelhecimento na região da testa, o lifting de testa pode ser bom para você.

Este procedimento:

  • Minimiza vincos na testa ou ao redor dos olhos;
  • Melhora o que são comumente referidas como linhas de expressão, ou seja, rugas verticais que se desenvolvem entre as sobrancelhas;
  • Reposiciona a região frontal baixa ou flácida;
  • Eleva as sobrancelhas para uma posição mais jovem.

Procedimentos de rejuvenescimento do lifting de testa incluem:

  • Facelift para corrigir as alterações do envelhecimento no terço inferior da face e do pescoço;
  • Técnicas de peeling.

Abaixo relacionamos os principais questionamentos e respectivas respostas que, frequentemente, são de interesse de pacientes potenciais a este tipo de procedimento:

Como saber se esta cirurgia é indicada para mim?

O lifting frontal é um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de alguém ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

A cirurgia de lifting frontal é uma boa opção para você se:

  • Estiver fisicamente saudável;
  • Não fumar;
  • Tiver atitude positiva e realista do resultado cirúrgico.

O que será tratado durante a minha primeira consulta com o cirurgião plástico?

Durante a sua primeira consulta com o cirurgião plástico, você deve estar preparado(a) para discutir:

  • A razão pela qual quer se submeter à cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado;
  • As condições médicas, alergia medicamentosa e tratamentos médicos;
  • Uso atual de medicamentos, vitaminas, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas;
  • Cirurgias prévias.

O cirurgião também poderá:

  • Avaliar o seu estado geral de saúde e todas as condições pré-existentes de saúde ou fatores de risco;
  • Discutir as opções disponíveis para você de facelift e de rejuvenescimento facial;
  • Examinar e medir diferentes partes do seu rosto;
  • Tirar fotos para prontuário médico;
  • Discutir as suas opções e recomendar o tratamento mais adequado;
  • Discutir possíveis resultados de um lifting e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Como deverei me preparar previamente à cirurgia?

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

  • Fazer exames de laboratório ou avaliação médica;
  • Tomar certos medicamentos ou ajustar os medicamentos atuais;
  • Parar de fumar com bastante antecedência à cirurgia;
  • Evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e que fique com você pelo menos a primeira noite após a cirurgia.

Além disso, é muito importante que você tire todas as suas dúvidas diretamente com o cirurgião plástico sobre o procedimento antes da sua cirurgia. É natural que sinta ansiedade, seja expectativa com a nova aparência ou estresse pré-operatório. Não tenha vergonha de discutir estes sentimentos com seu cirurgião plástico, pois o sucesso e a segurança do procedimento dependem muito de sua sinceridade durante a consulta.

Quais os riscos da cirurgia e as informações de segurança das quais devo estar ciente?

A decisão de se submeter à cirurgia de lifting de testa é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios vão atingir seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. Seu cirurgião plástico e/ou assistentes irão lhe explicar em detalhes os riscos associados à cirurgia.

Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual irá se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais, que são:

  • Cicatriz desfavorável;
  • Sangramento (hematoma);
  • Infecção;
  • Má cicatrização;
  • Riscos anestésicos;
  • Perda de cabelo nas incisões (alopécia);
  • Elevação da linha de implantação do cabelo;
  • Lesão do nervo facial com fraqueza ou paralisia;
  • Assimetria facial;
  • Perda de pele (necrose);
  • Dormência ou demais alterações de sensibilidade na pele;
  • Olhos irritados ou secos;
  • Disfunções que envolvem posição anormal das pálpebras superiores (ptose palpebral), flacidez residual da pálpebra ou pálpebra inferior evertida (ectrópio);
  • Acúmulo de líquido (seroma);
  • Dor, que pode perdurar;
  • Contornos irregulares;
  • Descoloração da pele e inchaço;
  • Suturas podem emergir espontaneamente na pele, tornando-se visíveis ou produzir irritação que exigem a remoção;
  • Possibilidade de novo procedimento cirúrgico (retoque).

Como será o meu pós-operatório?

Quando o procedimento for finalizado, você terá um curativo na cabeça para minimizar o inchaço e os hematomas. Um dreno pode ser colocado para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular por debaixo da pele.

Você receberá instruções específicas, que podem incluir: como cuidar do local cirúrgico, medicamentos para tomar por via oral para ajudar a reduzir o potencial de infecção, preocupações específicas sobre o local cirúrgico ou saúde geral, e quando será a consulta de retorno.

Você pode ver mais sobre segurança e riscos acessando o site da SBCP.

IMPORTANTE

Se, após a cirurgia, você sentir falta de ar, dores no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional.

Seguir as recomendações de seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam submetidas à força excessiva, ao inchaço, à escoriação, ou ao movimento durante o tempo de cicatrização.

Quais resultados posso esperar de minha cirurgia?

A cicatrização inicial da ferida pode levar de 5 a 10 dias, período em que as suturas e clipes serão removidos. Você estará pronto para voltar ao trabalho e a atividades normais diárias neste momento. Cosméticos podem camuflar qualquer ferimento que permanecer. O resultado aparecerá após várias semanas, quando o inchaço diminuir. As cicatrizes tendem a melhorar com o passar do tempo.

Ao longo da vida, proteção solar ajuda a manter a aparência rejuvenescida, minimizando o foto-envelhecimento ou danos causados pelo sol. Ademais, um estilo de vida saudável também ajuda a manter a aparência mais jovem.

Lembrando que a prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir ótimos resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

Entre em contato com nosso atendimento e agende uma consulta